19 novembro 2007

Roliça e Vimeiro


Há muitos anos, quando pela primeira vez visitei a catedral de S. Paulo, em Londres, emocionei-me ao ver o nome da pequena aldeia da Roliça, ali tão perto da terra onde nasci, gravada na pedra, num monumento que celebrava a participação inglesa nos combates contra Napoleão, durante as Invasões Francesas.
E agora que se comemoram os 200 anos da batalha com o mesmo nome, Roliça volta a estar em foco no concelho do Bombarral. No Sábado passado decorreu a sessão solene de abertura das iniciativas que se estendem até ao ano que vem, com a comemoração da batalha do Vimeiro.
Gostei muito de participar, principalmente por ter podido ouvir o magnífico apontamento histórico (modesto nome para tão eloquente prelecção) do Coronel Américo Henriques: com uma oratória perfeita, captivou-nos a todos com as histórias daquela história, com uma vivacidade e entusiasmos contagiantes e um saber bem fundamentado.


4 comentários:

carneiro disse...

Já telefonei para lá e garantiram-me que o verdadeiro ponto alto da sessão foi a tua declamação.

Terpsichore E. M. disse...

:))! (Reacção ao comentário anterior)

Xantipa disse...

Ai, Carneiro amigo, os teus informadores foram generosos!
:)
(Beijinhos aos dois)

Méon disse...

Em T. Vedras também lembramos o bicentenário.
Para já pode ver http://lugaronde.blogspot.com/, onde estão alguns textos publicados no semanário local BADALADAS.
Há um grupo de profs de História que vai fazer mais trabalhos de divulgação.
Você pode ajudar? Como?