13 fevereiro 2009

Escreveu mesmo assim...

... ipsis verbis.

«Muitas pessoas não distinguem o que realmente é conhecimento, fechando os olhos à razão e deixando-se levar pela sede de conhecimento.»

7 comentários:

firmino disse...

Arte confusão - estilo fundado pelo seu aluno (consiste num corpo interior que não discerne e reconhece diferenças).

Frase interessante, só um artista pode ter uma lembrança destas.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Quem foi o cromo?

Gi disse...

Só realmente levando a coisa a rir e fazendo uma antologia. Lembro-me de ter lido há muitos anos uma colecção de pérolas semelhantes - assim o autor, francês, lhes chamava.
Bj.

Ana Cristina Leonardo disse...

bem visto. a sede às vezes conduz à vertigem

Semeando Letras disse...

Mande seus poemas para semeandoletras@hotmail.com para que sejam publicados no blog
www.semeandoletras.blogspot.com e vamos construir um espaço com poemas e poesias de diversos autores, para que todos conheçam seu trabalho. Abraço

Bob disse...

Ola, tudo bem?
Que blog lindo,estou passando para propor parceria a você, com a troca de links ou banner.Eu adiciono seu lin no meu blog e vc o meu.Seria otimo para aumentar nossas visitas e com isso trazer novos leitores para apreciar nosso trabalho.Tambem tenho um banner np meu blog, se quiser adicionar ao seu é só copiar o código que ta la, e colar.Aguardo resposta.Um super abraço;

http://poemasepoesias-blog.blogspot.com/

ana v. disse...

O seu aluno vai longe, Adriana. Já é um filósofo! :-)