04 janeiro 2010

Llasa de Sela

Acabo de ler o mail que me escreveu a minha amiga Teresa, dizendo: «Morreu uma das cantoras de quem gostas muito». Referia-se a Lhasa de Sela, de quem já aqui falei e que está na minha selecção, na barra da direita.
Fico sempre triste quando alguém parte, principalmente quando a idade é pouca (37 anos), mas, como dizia Séneca, «ter a morte diante dos olhos é coisa que tanto deve fazer um velho como um jovem, já que ela nos não chama por ordem de idades» (Cartas a Lucílio, 12, 6).
Fraco consolo para a sua família e amigos e para todos os que gostavam de a ouvir...


1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Soube há minutos a notícia e fiquei petrificado. Não conhecia muito bem a sua música, mas era uma voz inconfundível e aconchegante.
A primeira notíocia triste de 2010.
Um boma ano para si.