23 novembro 2006

Diz Séneca...

O principal defeito da vida é ela estar sempre por completar, haver sempre algo a prolongar.
(...) Qual o modo de escapar a uma tal ansiedade? Há apenas um: que a nossa vida não se projecte para o futuro, mas se concentre em si mesma. Só sente ansiedade pelo futuro aquele cujo presente é vazio.
(...) Importa, sim, é a qualidade, não a duração da nossa vida;

Séneca, Cartas a Lucílio, 101, trad. de J.A. Segurado e Campos, para a Gulbenkian.

5 comentários:

Manuel disse...

A sua selecção de Séneca inspirou-me a partilhar uma reflexão de Epicuro sobre a morte.

Obrigado pela inspiração.

8)

mfba disse...

Mas sobre o conceito de "qualidade da vida" há grandes divergências, sempre houve.

MGReis disse...

Ola Xantipa

Gostei imenso. A ultima frase é lapidar.

Beijinho grande
miguel
:-)

MGReis disse...

Sobre a primeira frase do texto, a mim apetece-me dizer que a incompletude da vida é a sua principal qualidade, que todos os dias nos reservam algo de novo. :-)

Beijinho e bom trabalho

a mulher do lado disse...

O desejo é a falta... é o que nos move. Mesmo que viver sempre para o amanhã faça com que não gozemos bem o hoje.
Bela citação!