06 janeiro 2007

«Quando eu for grande»...

... foi o desafio que me fez a querida Marta. Que eu dissesse o queria ter sido quando fosse grande. Quando eu for grande quero ser maior, foi a minha resposta durante muito tempo.
Na verdade, não tem história. Acho que quis ser professora e sou professora.
Bem...
Também quis ser santa. Mas isso não é profissão...
De qualquer modo, como era muito difícil ser santa, quis ser missionária. Missionária Comboniana. Lia na revista Audácia as aventuras do Padre Adriano e do Bongo e queria ir para África.
Depois, como também era muito difícil ser missionária religiosa, pensei ser missionária leiga... dar uns anos às missões, e em seguida voltar.
Depois, como era muito difícil (quer deixar a vida burguesa para partir, quer regressar caso tivesse tido a coragem de ter ido), passei a assumir que ajudaria instituições, mas envergonhadamente à distância...
Cheguei a desejar outras profissões: psiquiatra, estilista, arqueóloga, detective...
Mas nada disso tem importância agora.
Quando eu for grande... quero ser melhor...

11 comentários:

-pirata-vermelho- disse...

O texto termina muito melhor declarando um desejo muito maior do que o desejo dito no começo.

marta disse...

Querida Xantipa
Ser professora é das profissões mais nobres que conheço.
O Peciscas também foi professor.
Obrigado por teres respondido.
Um beijinho grande.

Crystalzinho disse...

Esse é um grande desejo, que devia ser comum a todos nós... querermos ser melhores.
Espero que consigas alcançá-los
Bjs

Francis C. Afonso disse...

Adriana, só hoje dei conta do destaque que foi dado ao berra-boi no post de 10 de Dezembro. Obrigado e um ano cheio de filosofia.

Oppugnatore disse...

Esqueci-me de te dizer que tb lia a "Audacia"...

voyeur disse...

És Grande, Xantipa. *

-pirata-vermelho- disse...

Parabéns pelo 'Proj Dicionário' e pelo 'Proj Tradução'.
Desejo que tenha sempre 'bom tempo' e apoio e que os leve até ao fim da maneira que para si for a melhor.

Xantipa disse...

OBRIGADA A TODOS

Caríssimo Pirata-Vermelho,
Muito obrigada pelos seus votos e pelas visitas!
Volte sempre!
Um abraço!

Querida Marta,
Ser professora é mesmo muito bom! Adoro ensinar!
Beijinhos!

Querida Crystalzinho,
Obrigada pela força!
Beijinho

Caríssimo FCA,
Eu é que agradeço a visita. O seu blogue é lindo e está muito bem concebido! Adoro as fotos!
Obrigada pelos votos!
Um abraço

Querido Oppugnatore,
Meu grande amigo!
Claro que tinhas de ter lido a Audácia!
:)
Beijinhos

Querido Voyeur,
Só os grandes o reconhecem...
Beijinhos!

Ela disse...

"Quando for grande quero ser melhor" Outra coisa não se pode esperar de quem procura, todos os dias, o auto-conhecimento. Parabéns pelo post "colega".

pankraciu ! disse...

Existe magia quando se não é grande! Como quando se é criança... depois de uma ida ao circo olhar para o pai e dizer:"Quando for grande quero ser anão!"
O.K.! Ser melhor! Ser melhor?

Xantipa disse...

Caríssima «ela»,
Obrigada!
:)***

Caro pankraciu,
Também há magia quando se é grande! Só que é outra magia!
Ser melhor, sim. Desculpe a insistência...
:)