20 abril 2008

algarvismos e não só

Enviaram-me isto por mail. Não resisto a publicar aqui.
Novo Dicionário e Acordo Ortográfico com variante alentejana e algarvia:


Alevantar
O acto de levantar mas com convicção, com o ar de 'a mim ninguém me come por parvo!... alevantei-me e fui-me embora!'.

Amandar
O acto de atirar com força:
'O guarda-redes amandou a bola para bem longe'

Arrelampa
Local com inclinação acentuada.

Ex: 'Moss, bora lá empurrar o barque aqui pla arrelampa'

Aspergic
Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina.

Assentar
O acto de sentar, só que com muita força, como fosse um tijolo a cair no cimento.

Bassora

Também com a vertente 'vassoira'.
Utensilio de limpeza de lixo.

Normalmente tem a ajuda da 'apá' para a recolha do dito cujo.

Batoneira

Máquina que serve pra fazer betão, cimento.

Ex: 'Moss, liga a batoneira'

Capom
Porta de motor de carros que quando se fecha faz POM!

Catatumbas

Sitio pra onde se pode ir depois de morto.
Ex: 'Ê cá nã quere ir pra uma catatumba quere ir pró chão'

Cromade

Opção que se exerce em vida pra quando se morre.
Ex: 'Ê cande morrer quere ser cromade'


Destrocar
Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.

Disvorciada
Mulher que se diz por aí que se vai divorciar.

Entropeçar
Tropeçar duas vezes seguidas..

Êros
Moeda alternativa ao Euro, adoptada por alguns portugueses.

Falastes, dissestes...
Articulação na 4ª pessoa do singular.

Ex.: eu falei,

tu falaste,

ele falou,

TU FALASTES..

Fracturação
O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial.
Casa que não fractura... não perdura.

Há-des
Verbo 'haver' na 2ª pessoa do singular:

'Eu hei-de cá vir um dia;

tu há-des cá vir um dia....'

Inclusiver
Forma de expressar que percebemos de um assunto.

E digo mais:

eu, inclusiver, acho esta palavra muita gira. Também existe a variante 'Inclusivel'.

Mô (Moss)
A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como 'bué' ou 'maning'.

Ex.: Atão mô, tudo bem? ou 'Moss, deslarga-me da mão'

Nha
Assim como Mô, é a forma mais prática de articular a palavra MINHA.
Para quê perder tempo, não é?

Fica sempre bem dizer 'Nha Mãe' e é uma poupança extraordinária.

Númaro
Também com a vertente 'númbaro'.

Já está na Assembleia da República uma proposta de lei para se deixar de utilizar a palavra NÚMERO, a qual está em claro desuso. Por mim, acho um bom númaro!

Parteleira
Local ideal para guardar os livros de Protuguês do tempo da escola.

Perssunal
O contrário de amador.

Muito utilizado por jogadores de futebol.

Ex.: 'Sou perssunal de futebol'.

Dica: deve ser articulada de forma rápida.

Pitaxio
Aperitivo da classe do 'mindoím'(ou alcagoita).

Prontus
Usar o mais possível. É só dar vontade e podemos sempre soltar um 'prontus'! Fica sempre bem.

Quaise
Também é uma palavra muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais....
Ainda não percebi muito bem o quer dizer, mas o problema deve ser meu.

Stander
Local de venda.

A forma mais famosa é, sem dúvida, o 'stander' de automóveis.
O 'stander' é um dos grandes clássicos do 'português da cromagem'...

Tipo
Juntamente com o 'É assim', faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa.

Também sem querer dizer nada, e não servindo para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado, nem certo.
É assim... tipo, tás a ver?

Treuze
Palavras para quê? Todos nós conhecemos o númaro treuze.

Tiosque
Sitio onde se pode comprar jornais, revistas, pitaxios, etc.

12 comentários:

Anónimo disse...

A janela que se abre ao entrar é accionada pelo código do contador webstats: Motigo Webstats code

Se o retirar e substituir o contador (site meter por exemplo), isso desaparece.

Xantipa disse...

Caro Anónimo,
Obrigada.
Talvez por eu ter as janelas de pop-up bloqueadas não me tenha dado conta que o problema persiste.
Já tive este contador e tirei-o por causa disso. Pus o sitemeter, mas esse deixou de funcionar e eu voltei a este.
Depois do seu comentário, fui ai sitemeter e não me deixa entrar nem abrir um novo...
Se tiver outra referência de contadores, agradeço.

Cartas a Si disse...

Obrigada por este "post". Não imagina como me alegrou o dia! :-) Como boa algarvia que sou, já ouvi estas palavras centenas de vezes da boca dos meus conterrâneos, mas vê-las descritas desta forma têm outra graça. Há uma que não consta deste acordo e que se utiliza muito hoje em dia para nos referirmos ao nosso Primeiro: o engenheiro "Sogras". :-)Ah mosses marafades!

redonda disse...

:)) Adorei esta variante do Acordo :)
No blog atelier de escrita meti um contador diferente, porque não aceitava outros, não sei bem qual é, mas penso que "clicando" nele dará para instalares um igual aqui.
um beijinho e uma boa semana

Xantipa disse...

Cara redonda,
Já mudei o contador. Obrigada!
Bj!

Xantipa disse...

Cartas a si,
Ainda bem que gostou!
Eu achei muita graça!
:)

carneiro disse...

Ehehe.

E o pexinho na grelha ?

Ai mê deus mê coração!

Méon disse...

Delicioso, este dicionário alagaraviado...

Mas olhe que por estas bandas do Oeste estremenho também se fala muito assim...

tomas vasques disse...

Cara Adriana, tem avonde, na diga má nada!

Xantipa disse...

Carneiro, amigo, e que bem que o fazes, a esse pêxinho!

Tem razão, meu caro Méon.
:)

Caro Tomás, essa do avonde vim a encontrá-la no outro dia num texto medieval. Achei imensa graça.

Tony disse...

Permita-me acrescentar:
Basicamente: Palavra agora muito usada no início da frase, que não quer dizer nada, basicamente.
Blutut: Prótese de orelha, que deixa o seu utilizador mesmo com cara de blutut.
Úrcera: Disturbio no aparelho disgestivo, frequentemente no diodén.
Vosso mail: Se alguém não atende o telemóvel, obviamente que vai para o vosso mail...
Cumprimentos.

Anónimo disse...

Na zona de Portalegre toda a gente diz "aventar" que não ouvi em mais lado nenhum, assim como "então, idi?" que é como quem diz: então, e depois?", assim como "não sejas empalagoso", como quem diz aborrecido.
JCM