27 julho 2009

Deve ter sido um...

... branco quem me roubou a antena do carro, no dia 23, ao meio-dia. A vizinha deve ter pensado que o carro era dele.

2 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Aqui, se eu precisar de que os bombeiros me abram a porta da casa por me ter esquecido da chave, eles só o fazem se a polícia comprovar que a casa é minha.
Acho bem que a polícia comprove a identificação das pessoas,sejam "brancos" ou sejam "pretos" pois antigamente os vizinhos conheciam-se uns aos outros, mas hoje não. Estamos a viver num mundo em que já ninguém se conhece, e "muitos" fazem o que querem impunemente.
Eu posso falar por mim e sei o que digo, pelos outros falam eles e eu acredito.
Há meios onde ainda tudo é calmo, mas não é nas grandes cidades, há gente para tudo Xantipa.
Boa semana
Maria

Anónimo disse...

Xantipa ,andas preocupada com uma misera antena?
E o esbulho a que somos sujeitos diariamente pelo estado?
Enquanto o povo preferir pedir caridade em vez de exigir justiça...enquanto existir a certeza da impunidade, as coisas vão continuar a desaparecer às claras, às escuras, por malta com mais ou menos melanina...mas com a certeza de que nada lhes acontecerá, pois bater não batem, ralhar não doi...


Oppugnatore