17 julho 2009

«Os tiranos não são loucos: enlouquecem»


Alçada Baptista em Tia Suzana, Meu Amor, sobre Kleist:


«Mas a tia Suzana achava que o poeta era louco:

- A gente tem de viver dentro de certas regras não só para poder estar com os outros mas, sobretudo, para manter o nosso tino. Quando cada um se julga capaz de fazer as suas próprias leis, enlouquece. Por isso é que é muito mau dar a um homem o poder de ditar todas as leis. Os tiranos não são loucos: enlouquecem.»

3 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

E enlouquecem-nos. Acrescento eu.

Maria, Simplesmente disse...

Que grande verdade Xantipa!
Até penso que o Mundo anda governado por um deles.
Bom fim de semana
Maria

Octávio disse...

eu acho que estou a caminhar para esses lados...

boa semana