18 junho 2007

Porto

Caros amigos,
Estou de visita rápida, rápida ao Porto. Vim matar saudades. Mas saio sempre daqui ainda mais saudosa...

2 comentários:

sem nome disse...

também sofro dessa saudade permanebte do Porto, já nem percebo se o sentimento se deve à cidade, se ao meu imaginário que a endeusou. Mas visito-a frequentemente, embora distante, porque as imagens passam luminosas à minha frente sempre que a evoco.

Xantipa disse...

O Porto exerce em mim esse fascínio também.
:)