15 junho 2008

Europa

Europa 02
(III)
Podes cumprir as regras com exactidão mas, num determinado momento, eles apresentam um pequeno documento-lei, e então percebes: vais ser morto. O que fazem é aleatório, mas nunca ilegal. Primeiro mostram a lei, o documento que determina a acção. Ninguém resiste. As pessoas aceitam a lei. Se não, seria pior.

Gonçalo M. Tavares, Jerusalém, p.113 (Caminho, 2005)

2 comentários:

Méon disse...

Sim, Gonçalo M. Tavares! Estimulante! Gosto!

Oppugnatore disse...

Kafka?