05 setembro 2008

blogues bloqueados em bibliotecas

(foto daqui)

Li neste blogue, que muito aprecio e prezo, que na Biblioteca de Faro não se podia consultar blogues à vontade. Não se pode. Nem ali nem noutros locais, como na «minha» Universidade. Quase todos estes sítios públicos que têm jovens (e crianças, no caso da biblioteca) como utilizadores têm instalado um filtro que barra o acesso a sites com conteúdos associados a pornografia. Ora, ao encontrar algumas palavras consideradas obscenas, bloqueia. Isto chega ao caricato: sei de um caso de um colega de Latim que, ao colocar no blogue que criara para a sua disciplina um texto em que entrava o verbo latino puto, putas, putare, putaui, putatum (que significa «julgar, considerar»), foi bloqueado.
O mesmo se passa nesses lugares (onde este blogue, por causa do exemplo acima, ainda vai ser de acesso proibido, eheheh).
Mas, pelo que sei, qualquer utilizador pode pedir que determinado endereço seja desbloqueado, o que geralmente acontece, pois as direcções sabem que aqueles filtros são genéricos e que impedem o acesso a muitos sítios que não têm nada de impróprio. Aliás, na Biblioteca António Ramos Rosa (dita «de Faro») aparece a frase: «Se considerar que, neste caso, os conteúdos são didáctico-informativos, pode fazer um pedido de desbloqueio de página neste formulário».
Fulanizando a situação, a ideia que tenho da directora da Biblioteca de Faro é a de uma pessoa que, se não faz mais pela cultura é porque não pode.

6 comentários:

Rui Luis Lima disse...

É engraçado como os conteúdos são "catalogados", de certeza que os surrealistas estão todos na lista negra:)
Mas por vezes temos casos como o da biblioteca António Ramos Rosa em que o saber decide sorrir às leis.

PS-Temos mais um blogue, intitulado "O Tempo Redescoberto", sobre as pequenas memórias. Aqui fica o convite para nos visitar.

Beijinhos

Paula e Rui Lima

Luís Namora disse...

Isso também sucede na faculdade que frequentei, no entanto, que eu soubesse, era só no blogger, já que no sapo e no wordpress se podiam ver os blogues à vontade. Em seguida, bloquearam também o msn mas, e numa atitude que me parece incoerente como o raio, deixaram a execrável merda do Hi 5 sem restrições. Enfim, eles lá sabem, já me estou nas tintas, porque agora tenho net em casa :-)

Boa tarde.

Funes, o memorioso disse...

"Se considerar que, neste caso, os conteúdos são didáctico-informativos, pode fazer um pedido de desbloqueio de página neste formulário."

Mas haverá sites com conteúdos mais didáctico-informativos do que os site pornográficos?

Anónimo disse...

Na verdade, não há nada como ter net em casa. No entanto, kem tem restrições torna-se mt chato. Não sou mt cibernauta, mas admito k se não tivesse net a minha vida tinha um buraco vazio LOL.
Um beijinho
Ana Paula

Maria, Simplesmente disse...

No meu blog veio alguém fazer-me um comentário pequeno e simpático.
Como sempre agradeci retribuindo com uma visita ao blog do meu visitante.
Era um blog bonito, onde dava gosto estar e ler o que estava, mas o que é mais curioso é que me deixou uma lista de blogs agarrada ao seu nome puramente pornográfica.
Por mim não me ralava pois só lá iria se quisesse, mas haviam muito mais pessoas, crianças até que, habituadas a entrar no meu blog à vontade, iriam, mais dia menos dia cair naqueles espaços e não era só um, eram muitos.
Levei tempo para me livrar daquele visitante indesejado.
Na net podemos autorizar um que até nos parece simpático, mas por vezes trás lunto à sua lista de amigos os maldosos.
O melhor que podemos fazer é ensinar os miúdos e bem cedo, como as coisas se processam, para se saberem defender.
Bom fim de semana
Bj
Maria

redonda disse...

Já tinha lido sobre isto numa revista que referia ainda que inclusive uma palavra mais forte num comentário levaria ao bloqueio.