26 maio 2007

Meme

As últimas atribulações não me têm dado muito tempo para navergar nos blogues que gosto e, por isso, só hoje vi o convite da Teresa C. para deixar aqui um meme.

Na verdade, acho que costumo deixar aqui muitos, e por isso, é com todo o prazer que acrescento mais um:

Aquele qua nada conhece, nada ama.
Aquele que não é capaz de nada, nada compreende.
Aquele que nada compreende é inútil.
Mas aquele que compreende também ama, repara e vê. (...)
Quanto mais conhecimento existe de uma coisa, maior é o amor...
Quem imagina que todos os frutos amadurecem ao mesmo tempo que os morangos não percebe nada de uvas.

Paracelso
(em epígrafe ao livro de Eric Fromm, de 1956, A Arte de Amar, publicado pela Pergaminho em 2002)

Como é suposto pedir «memes» a mais seis bloguistas, aqui vão uns amigos que sei que têm memes bons para nos dar:

Marta, do
Claras em Castelo
Miguel, do
Heart of Saturday Night
Sara, do Apenas Eu
Mirian, do
A Mulher do Lado
Teresa, do Pedra sobre Pedra
Damularussa (Desculpa, mas não sei o teu nome, amiga!)

«Um "meme" é um "gene ou gene cultural" que envolve um conhecimento que é passado a outros contemporâneos ou aos descendentes. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma. Simplificando: é um comentário, uma frase, uma ideia que rapidamente é propagada pela Web, usualmente por meio de blogues. O neologismo "memes" foi criado por Richard Dawkins pela semelhança fonética com o termo "genes”. »

3 comentários:

Anónimo disse...

http://redondovocabulo.blogs.sapo.pt/

marta disse...

Minha querida

Já está feito, há mais de uma semana.
Não te importas que decline, só desta vez?

Beijinhos

damularussa disse...

Amiga

Já está!! Pelo atraso as minhas desculpas.

Beijocas

Ah..a proposito (Victoria)
Agora já sabes!:-)