26 julho 2008

Arte cicládica

(foto daqui)
Olho o meu saco de pano, daqueles que uso para ir ao supermercado para não trazer os de plástico, e leio, em grego e em inglês, «Museum of Cycladic Art - Nicholas P. Goulandris Foundation».
Tenho de ver se encontro, durante as arrumações, a estatueta que comprei na lojinha do museu.
A arte cicládica é uma das formas de arte grega que mais me agrada pela simplicidade, pela austeridade, pela contenção das expressões religiosas, pela singeleza dos votos oferecidos aos deuses.
A ausência de grandes decorações e as formas minimalistas permitiam-me brincar com alguns amigos e perguntar-lhes de que época pensavam que eram aquelas estátuas. Contemporâneas, era a resposta. Que tinham cinco mil anos, esclarecia eu.

(foto daqui)

(foto daqui)

2 comentários:

CF disse...

De facto, absolutamente contemporâneas!
É engraçado como nós achamos que evoluímos muito em termos de estética e só andamos a retomar o que já fora feito!

Méon disse...

Muito "giro"!
E lá vou dizendo: quanto mais conheço os antigos gregos, mais aborreço os modernos...

Alegria, Amiga!