22 julho 2008

O primeiro jantar...

...deliciosamente improvisado, sob a protecção de um «anjo» da Bairrada, tinto, de 1991...

7 comentários:

Anónimo disse...

...fico feliz. Há pão e vinho sobre a mesa; livros, palavras, vida.
abraço (moooreeeeeeeeee)

Gi disse...

Isso foi um tête-à-tête, não foi?
Quando é a festa de inauguração?
;-)

Xantipa disse...

Sim, Anónimo, há de tudo isso nesta casa!

Querida Gi,
Foi um tête-à-tête muito saboroso. A amiga que me veio visitar tem o condão de, com umas latinhas, fazer um manjar!
:)
A inauguração terá de ficar para depois das férias... até porque ainda não tenho cozinha!
Lolll
Beijinhos

Méon disse...

Mas que grande banquete!
Parabéns pela casa que vai ficando habitável. Espero que te vás sentindo cada vez melhor nela!

Alegria!

Cartas a Si disse...

Não há nada como a nossa casa. E já vi que as estantes já chegaram. :-) Eu não consigo imaginar uma casa sem livros a "forrar" as paredes.

Que este seja o primeiro de muitos e excelentes banquetes!

Quanto à minha ausência no blogue, deve-se mesmo à falta de tempo e descanso. O trabalho tem sido bastante, mas não me queixo. Obrigada pela preocupação e pelo carinho. Felizmente já estou quase a 100%, as energias estão a voltar e estou num momento de afirmação pessoal, começo a sentir-me bem com a vida.

Um abraço

Anónimo disse...

Mas que mesa tão bem composta. Estou a escrever às 12h, por isso deve imaginar as sensações que tenho ao ver a foto?!
Bem, desejo-lhe muito boa sorte e que tenha muita saúde para usufruir do seu cantinho.
Um bj
Ana Paula

rui g disse...

'Tou a ver que a casota está quase nos eixos. Pelo menos com mesa posta, parece bem mais composta. E os livros na estante a fazerem companhia ficam sempre bem. Bjs.