29 julho 2008

Thíasos

O grupo de teatro clássico Thíasos, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra faz 15 anos e eu sou tão vetusta que até sou do tempo em que não havia Thíasos!
Lembro-me de algumas das primeiras representações dos jovens estudantes Delfim Leão e José Luís Brandão (que me perdoem os outros, mas as actuações destes dois ficaram na memória) que abrilhantaram os serões culturais dos colóquios da antiguidade clássica a que tive a oportunidade de assistir.
Hoje são professores da Universidade de Coimbra e congratulo-me por ver que os espírito galhofeiro e brincalhão que neles se manifestava através das personagens interpretadas em nada ensombrou a seriedade e dignidade com que foram construindo as suas carreiras.
Sinto-me orgulhosa por, de vez em quando, ser iluminada com um pedacinho do brilho que dali vem.
Parabéns a todos!

2 comentários:

Méon disse...

Ó Adriana! Tu és "vetusta"?
Estás a chamar-me o quê???? "Matusalém"? "Patriarca Abraão"?

Bem... Bem...

Por esta passas, que eu continuo a gostar de passar pela tua rua...

Beijinhos

Xantipa disse...

:)
Eheheheh!
Passa, passa!
Beijinhos