22 outubro 2008

que a nossa vida seja um dia


Num paciente trabalho, Silva Bélkior transpôs 35 poemas de Fernando Pessoa para latim, intitulado-o
Carmina Pessoana:

Hortorum rosas ego Adonis amo,
volucres istas amo, Lydia, rosas,
quae die in quo nascuntur,
eodem pereunt die.
Lumen est illis aeviternum, nam
orto nascuntur jam eis sole, et finiunt
linquat Apollo antequam
cursum suum visibilem.
Sic unum diem vita faciamus,
inscientes, Lydia, nostra voluntate
noctem esse ante et post
parum quod nos duramus.


(carregue no texto para ler o original em português)

2 comentários:

Gi disse...

Sabes? Parece-me que gosto mais em latim :-)

Maria, Simplesmente disse...

Xantipa de roupas novas!!!!!!!!!!.... Parabéns.
E já agora diga-me o Fernando Pessoa gostaria da Carmina Pessoana?
Parece-me que ele não tinha muito bom feitio.

Bom fim de semana
Maria