10 dezembro 2006

«Preservativos»... escreveram outros (1)

Ando em maré de surripianços, devido aos exemplos das (boas) companhias... Até já começo a numerá-los...
Aqui vai um, do Bagaço Amarelo, de 7.12.2006

«No Diário de Notícias soube-se que o Vaticano continua a não aceitar o uso do preservativo, Nada de estranho, acho eu, numa instituição que demorou quatrocentos anos a pedir desculpa a Galileu e mais de cem anos a fazer o mesmo a Darwin. Pode ser que daqui a uns séculos peça perdão a todas as vítimas de doenças sexualmente transmissíveis dos nossos dias. O que eu estranho mesmo nesta notícia do DN é os gajos terem estado dois dias numa conferência sobre “aspectos pastorais do cuidado das doenças infecciosas”. Eu não faço a mínima ideia do que é um aspecto pastoral do cuidado das doenças infecciosas, admito, mas... dois dias em conferência para não decidirem nada?!»
Leia tudo aqui. Obrigada, Ivar.

4 comentários:

Vodka e Valium 10 disse...

Bem poderemos considerar um exorcismo um cuidado pastoral?
Mais do que os clássicos
(sem ofensas e recados à mui honrada escritora deste blogue)
nestes momentos deveríamos ler Eça de Queirós e Emilio Zola que falaram das consequências que a repressão da igreja tem
(Crime do Padre Amaro e Crime do Padre Mouret, respectivamente.)

Rafeiro Perfumado disse...

Não ter saído uma decisão do género "Os Padres que gostam de criancinhas podem usar excepcionalmente preservativo por forma a ser mais difícil fazer prova do acto" já foi uma sorte...

livrosloucos disse...

Olá Xantipa! Acho que temos gostos literários parecidos. Há cerca de dois anos e meio atrás comentei "A Senhora Sócrates" de Gerald Messadié, comentário que está hoje guardadinho no arquivo de Fevereiro de 2005...

Gostei do teu blog!


CSD

bagaco amarelo disse...

podes roubar-me à vontade. Pelo menos desta vez não tenho que ir à wikipedia para acabar de ler um post teu em condições... ;)