23 dezembro 2006

Saudades

Tenho saudades do Pedro!
Muitas!

Como gostaríamos de ter sido a metade um do outro!
Fomos quase, quase a metade um do outro...
Um dia escreveu-me:

«No fundo, a minha mãe é que tem razão... O melhor homem para ti seria eu. Na verdade, a minha mãe nunca disse isso, disse exactamente o oposto: A melhor mulher para mim serias tu. Big, Big, Big difference...»
Eu acho que seríamos o melhor um para o outro, mas não éramos a metade arrancada... para nossa tristeza!
Poemas do Pedro aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

4 comentários:

marta disse...

Que triste Xantipa
Beijinho

Xantipa disse...

Há dias em que as saudades apertam mais...
Um beijinho, Marta!

Teresa disse...

uma abraço muito apertado, mesmo.

Oppugnatore disse...

Vais descobrir forças onde não imaginas...