28 outubro 2006

«Rituais do amor e do prazer» (Ovídio)

Eis que um leito acolheu, cúmplice, dois amantes;
diante das portas fechadas da alcova, ó Musa, sustém o passo!
Espontaneamente, sem a tua ajuda, palavras mil hão-de ser ditas,
e não se quedará inerte no leito a mão esquerda;
a hão-de os dedos inventar que fazer naqueles sítios
em que, às escondidas, mergulha as suas setas o Amor.
(…)
Acredita no que te digo: não deve apressar-se o prazer de Vénus,
mas sim, discretamente, fazer por retardá-lo e demorá-lo.
Quando descobrires o ponto onde a mulher se excita ao ser tocada,
não seja o pudor a impedir-te de o tocar;
verás os seus olhos a brilhar de fogo cintilante,
como, tantas vezes, o sol reflecte a luz na superfície da água;
far-se-ão ouvir queixumes, far-se-á ouvir um encantador sussurro
e doces gemidos e palavras apropriadas ao prazer.
Mas não deixes para trás a tua parceira, desfraldando mais largas velas,
nem seja mais rápido o ritmo dela que o teu;
avançai para a meta ao mesmo tempo; então será pleno prazer,
quando, par a par, jazerem, vencidos, a mulher e o homem.


(Públio Ovídio Nasão, Arte de Amar, II. 703-708, 717-728. A referência é a mesma desta aqui)

Este Ovídio sabia muito! Homens e mulheres, dêem-lhe ouvidos! E exclamem, como ele prório queria e pedia: «Nasão foi o meu Mestre!»

13 comentários:

Damularussa disse...

Carissima Xantipa

Agradecer-lhe a noite passada, está fora de questão, é que após um post destes ainda nos envolvem "práí" num caso qualquer de amores tórridos (LOL), no entanto permita-me agradecer a excelente perfomance que nos proporcionou.
Um bem haja.

Comentando o Post, carissima mulheres há que ainda ignoram os prazeres a tirar dele arrisco mesmo que o ignoram por completo (falamos do corpo)O ponto G?, descubram o corpo e lá chegarão..
Isso..deem-lhes ouvidos..eles "sabiam-na toda", bela forma de começar o dia:-)

Um abraço e
Bom dia quase tarde.

Xantipa disse...

Lol!
E depois das ideias que o Voyeur divulgou do seu romance, ainda pior! No entanto, acho que nos podemos tratar por tu, se não achares mal...
Lol
O Voyeur é um «sinhuore» e trata-me por «você», mas nós, mulheres, aqui no gineceu, podemos dar-nos a outros luxos, não achas?
Um abraço!

Anónimo disse...

Não me chamem Nasão, por favor... sou apenas um humilde conhecedor da arte de amar...

E bom dia... como tive uma noite muito ordinária, não estou ainda completamente recomposto... procuro duas coisas:

- Uma trela vermelha com um guizinho prateado que desapareceu lá de casa.
- O ponto G.

( Pior estava o outro que vivia num tonel e dizia, languidamente:
« Procuro um homem...» )

Beijinhos, Xantipa.

Xantipa disse...

Ah! Conhece o Diógenes!
:)
Quanto ao que procura... Canta o Chico Buarque «Quem espera nunca alcança...»
Bom resto de dia!

Damularussa disse...

Xantipa

Ufa, Por TU e Tu, (que alívio) é que depois de dormirmos juntas o você fic um bocado forçado(LOL)
E sim, confirmo, o meu querido amigo voyeur é um SENHOR.
Um abraço e tem um excelente dia

A propósito..gosto daqui, faz-me sentir em casa.

Tem um excelente dia
Beijocas
Damula

Damularussa disse...

Xantipa

Ufa, Por TU e Tu, (que alívio) é que depois de dormirmos juntas o você fic um bocado forçado(LOL)
E sim, confirmo, o meu querido amigo voyeur é um SENHOR.
Um abraço e tem um excelente dia

A propósito..gosto daqui, faz-me sentir em casa.

Tem um excelente dia
Beijocas
Damula

a_cabra disse...

Onde é que anda o Nasão que quero conhece-lo? :pp cá vai o mail, é desta que linko o gajo... a_cabra@aeiou.pt e já agora, vou-te linkar a ti também, sempre podemos ir trocando ideias sobre os pretendentes a Nasões
Beijos

Xantipa disse...

Cabra,
Pois podemos trocar ideias sobre o assunto (plagiando o Mário de Carvalho!)
Já te enviei o mail com a explicação. Boas lincagens!
:)

Mula,
Ainda bem que te sentes em casa. É essa a ideia. E como já vi que gostas de chá e está na hora dele, vou fazer-te um cheiroso que ali tenho, que trouxe da Suécia (ai que mulher viajada que sou!), que até apetece comer em vez de beber!
Parece que o Voyeur não gosta, o que é uma pena, pois convidá-lo-ia a juntar-se a nós.
:)
Beijinhos

Emplástrica disse...

Como é óbvio, aqui a je também teve curiosidade e veio visitar o blog da Xantipa...

Gostei e vou voltar, além do mais já não lia Ovídio desde os meus tempos de liceu e nada melhor que uma lição de tântrico... há coisas que é sempre bom praticar (saber, quero eu dizer).

Curioso como já naquela altura havia quem da poda soubesse! :)

Uma boa noite para si e um :)

Xantipa disse...

Obrigada, Emplástrica!
Belo liceu, em que se lia Ovídio!
:)
E tal como disse à Mula, acho que nos podemos tratar por tu. Que achas? Até somos do mesmo distrito (apesar de eu viver no reino dos Algarves...)
:)
Boa-noite!

Damularussa disse...

Carissima

Cheirou-me a chá..e aqui estou fora de horas ..venha ele!:-)
Trouxe uns pasteis de belem com canelapara acompanhar(não me venhas dizer que estás de dieta!!)

:-)

Xantipa disse...

Ai Damularussa!Pastéis de Belém... humm, grhum, schlum... cof. cof (lá estou eu a engasgar-me com a canela!)
:)
Um anónimo escreveu um comentário pertinente ao meu post «Eu tenho dois amores». Acaba o chá e vai até lá ver. Uma única e certeira frase.
Beijinho

Emplástrica disse...

Xantipa, acho que apesar de o Latim ser hoje o que se chama de "Língua morta", a sua aprendizagem acaba por nos abrir os horizontes, nos ensinar a gostar e a entender os grandes Senhores da Época Clássica.
Este texto de Ovídio é belíssimo.

E sim, podemos tratar-nos por "tu" sem quaisquer problemas. :)

Uma boa noite. :)