02 novembro 2006

A razão do próximo post...

Por uma questão de decência (já basta a indecência de reproduzir uma conversa…) não vou identificar a minha interlocutora. Substituí os nossos nicknames por Eu e Ela e mudei o «diz» que aparece por defeito no msn por simples «dois pontos».
Fica, então, aqui, a razão do próximo post (mais logo...)

Ela
Diz-me, minha caríssima amiga, por que é que os teus entusiasmantes escritos têm SEMPRE nomes tão esquisitos, tão estranhos, tão difíceis de decorar, para uma cinquentona, como eu?
Eu :
Lol! Nomes esquisitos?
Eu :
Aníbal??
Eu :
Alexandre?
Ela :
Não brinques comigo!!! Já estava à espera dessa, mas ... um momento...

Ela :
Agora colecciono-os: Neoptólemo, Quéreas e Calírroe, Cáriton, Crítias, Hesíodo, Tesmofórias, Teógnis, Regimen Sanitatis Salernitanum...

Eu :
Ahhh… esses nomes...
Eu :
Pois... era assim que se chamavam...
Eu :
Mas há piores! Num romance helenístico há um tipo que se chama... Perilau...
Eu :
com «e»

Ela :
Para ti pode ser (e é!) fácil, mas para mim, ... é dificílimo. E depois, como leio, por vezes em voz alta, chego a estes termos e rogo algumas pragas aos classicistas!
Ela :
lol

Eu :
lol
Eu :
Mas nós não podemos renomear as pessoas!
Ele :
Claro, mas já tive vontade de te perguntar por que razão os gregos tinham nomes tão difíceis de dizer ... Ah! Difícil, para mim, claro!
Eu :
Os grupos consonânticos e vocálicos são diferentes dos nossos... e por isso os nomes deles parecem difíceis em relação dos nossos, que são mais simples... para nós…
Eu :
É como os nomes das doenças ou dos medicamentos... Nunca se decoram... são difíceis!
Ela :
Tem piada! Os nomes das doenças parecem-me mais lógicos

Eu :
«Contém fonte de fenilalanina». O que eu me rio ao ler isto nos iogurtes!
Eu :
Falo dos nomes «técnicos» das doenças. Quando os médicos falam, eu tenho estar sempre a «activar» o meu dicionário etimológico mental!
Eu :
Por isso percebo-te...

Ela :
Ah! Ainda bem...
Ela :
fenilalanina...

Eu :
Parece lã num funil... ou funil de lã… (até podia fazer uma «etimologia da batata»!)

Ela :
Há um que me irrita... espera!
Ela :
Neoptólemo
Eu :
É o filho do Aquiles

Ela :
prefiro o pai...

Eu :
lol
Eu :
Quer dizer nova (neo) guerra (ptólemos)
Eu :
«Guerra» é pólemos, mas ptólemos é uma forma poética de dizer «guerra»
Ela :
assim gosto mais

Eu :
Ptolomeu quer dizer belicoso…

Eu :
Acho que vou fazer um post a explicar os nomes...
Eu :
Em tua homenagem!

Ela :
Que bom! UF! Que alívio!
Não tens um bonequinho daqueles que tira o suor da testa?

8 comentários:

Anónimo disse...

Dilecta esposa bem amada, realmente estes nomes são uma Soda.

Do teu Fócrates.

Anónimo disse...

Xantipa também eu tenho alguma dificuldade em ler os nomes... e este voyeur fez um trocadalho do carilho! ;-)

Como te disse anteriromente: Estamos sempre a aprender :-)

Beijo enorme*

soniaq disse...

Tenho uma história engraçada com o nome da mulher do Sócrates. Era uma vez um canário que se chamava Sócrates e que ao fim de uns anos e por causa dos donos que por pressa não tiveram para limpar a gaiola, revestiram a dita com um jornal (antigo Expresso), não é que ao voltarem se depararam com um ovo do Sócrates, a partir desse dia o Sócrates passou a chamar-se Xantipa. lol

Bela conversa.

a_cabra disse...

Ai... se não soubesse que não sou diria: eu era Ela... abençoada sejas Ela, que me vais poupar a queima de uns milhares de neurónios :pp e... já agora, a fenilanina é um aminiácido existente em várias proteínas... todos os produtos que a têm na sua composição devem indicá-lo no rótulo por causa de um grupo de doentes, os fenilcetonúricos que, por deficiencias ao nível do seu metabolismo, não conseguem transformar a fenilalanina pelo que a não podem ingerir... a sua ingestão pode trazer graves consequências para a saúde dos portadores da doença... e tenho dito :-))
Beijinhos

Anónimo disse...

Aprender sempre. É sempre engraçado saber o significado dos Nomes. Gostei.

Damularussa disse...

Ufaa..pensava que era só eu..(já estava até com complexos (lol))

Beijos dear Xantipa e noite serena

anabela moutinho disse...

aquela do bonequinho a tirar o suor da testa fez-me rir bué.

beijocas senhora sócrates.

bela ideia, esta de teres criado ESTE blog.

bom fds (=fim de semana, nada de malandrices na leitura desta abreviatura smsística/msnística, ok?)

Xantipa disse...

Bem... já percebi que afinal há muitas «Elas»!
Lol
Estou a fazer o post...
:)
Anabela, para quando o odeioblogues a funcionar, hem??
A Puro Instinto fez o mesmo que tu...
Andam aqui a enganar-nos!
;)