16 novembro 2006

Provocações anacreônticas... (2)

A esfera do Amor (fr. 358)

De novo com a sua esfera purpúrea
o Amor de dourados cabelos me atinge,
e com a rapariga de coloridas sandálias
me convida a brincar.
Mas ela (pois vem lá da bem fundada
Lesbos) os meus cabelos
já brancos censura com desdém,
e olha embasbacada para - outra rapariga.

8 comentários:

MGReis disse...

Ai se gosto!;-)

Não sabia que ele tinha este livro. Foi editado à pouco tempo? Lá se vão mais uns dinheiros quando voltar a Portugal.

beijinho
miguel

Xantipa disse...

Maio de 2006...
:)

Teresa disse...

aproveito este post para agradecer a visita às minhas manias. volte sempre, abraço, Teresa

voyeur disse...

Ups... ouvi falar em lésbicas???

( Onde? Onde??? )

bagaco amarelo disse...

Olha, gosto muito deste blog. O único senão que tem é eu não ter agagem intelectual suficiente. Tenho que gastar éne tempo na wikipedia ou no google a fazer pesquisa para me tentar ficar dentro do contexto...
pronto, era só isso. :)

Xantipa disse...

Obrigada, Teresa, e voltarei, claro!
:)

Voyeur,
Foi por estes e por outros poemas (nomeadamente de safo, como sabes) que a escola de Lesbos deu o nome à situação...
:)*

Caro Bagaço Amarelo,
Puseste-me a pensar... que tal dizeres-me o que gostavas que este blogue tivesse para te facilitar a compreensão? Mais informação sobre as personagens e autores que cito? Maior contextualização dos assuntos?
Ajudavas-me se o fizesses!
Eu sou uma fã do teu blogue!
:)

bagaco amarelo disse...

Acho que não tens que te preocupar, xantipa. O problema é mesmo meu, que não sou um classicista convertido. Sou mais qualquer coisa perto da modernidade do século passado. Sei lá, já li todo o Henry miller mas nunca li Platão, e adoro filmes e jogos da segunda guerra mundial. O meu pintor preferido é o Edward Hooper e sou fan do cinema negro americano. Sou um inculto classicista, mas agora estou a gostar de vir aqui... ;)

Xantipa disse...

Bem, coincidimos no Hooper, de quem sou uma profunda admiradora!
É nas diferenças que nos vamos aprimorando! Imagina que todos sabíamos o mesmo!
Obrigada por não desistires de vir aqui...
:)